Um galpão industrial é construído para a sede de empresa criativa

Ao longo de um ano, as arquitetas Jeanini da Silva e Gabriela Raymundo, do Studio Arquitetura e Design, de Taquara, trabalharam mais do que a arquitetura estrutural e de interiores na sede da Invento, um mix de casa criativa e cowork.

A dupla, que assina o projeto, entrou no universo do estilo industrial, em estudos de materiais como tijolos, cimento queimado (em alguns pontos texturas que trazem esse visual), ferro e muitas calhas e dutos aparentes. O resultado é um grande galpão de 450 metros quadrados com pé-direito de sete metros de altura.

Para a parte mais baixa do balcão foram usadas telas metálicas, e nas paredes foram escolhidas cerâmicas da marca Eliane.

Os tijolos são maciços e têm o visual desgastado mostrado em quase todas as paredes. No mobiliário, que atende a mais de 30 estações de trabalho, além do ferro preto, foram usados tampos de madeira em tom claro.

– A unidade de materiais também ajuda a criar a sensação de ligação total, um dos pedidos dos clientes desde que começamos a pensar o projeto – explica Janine.

A sala de reuniões é setorizada por telhas trapezoidais para criar o efeito de contêiner – também visto na fachada, desenhada em balanço. Na parte superior desta estrutura, foram pensados os mezaninos, um deles com ambiente de estar e outro com mesa extra de trabalho.Para trazer doses de aconchego, os tecidos entram no mix de materiais, a exemplo das cortinas de linho, do tapete estilo oriental e do revestimento de peças como a poltrona com visual de patchwork.

Escreva um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *